domingo, 18 de agosto de 2013

Entrevista com Eduardo Galeano

     Eduardo Galeano é escritor e historiador uruguaio, nascido em 1940, em Montevidéu. 
    É hoje mundialmente lembrado pela sua obra As veias abertas da América Latina (Las venas abiertas de América Latina, 1971), livro no qual analisa a história da América Latina desde o período da colonização europeia até a Idade Contemporânea, argumentando contra a exploração econômica e a dominação política do continente, primeiramente pelos europeus e seus descendentes, e, mais tarde, pelos Estados Unidos. 
  Famosa pelos relatos banhados em sangue, do massacre aos índios feitos pelos exploradores, a obra, mais recentemente, foi motivo de polêmica, ao ter sido usada como presente na 5ª Cúpula das Américas (ocorrida em 2009). Nesta ocasião, Hugo Chávez dá um exemplar do livro ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama - gesto nada dissimulado da opinião do venezuelano sobre a política norte-americana.
  Galeano foi um dos convidados de Eric Nepomuceno no segundo episódio do programa Sangue Latino, exibido em 2010, pelo Canal Brasil. Na entrevista, ele fala, ainda que pouco, da América Latina, de Montevidéu, fala das perdas, da amizade, utopia, entre outros assuntos. Sábias reflexões. Confiram-nas abaixo: 
     



3 comentários:

Bruna disse...

À Marlene e à Márcia (mãe), pela recomendação do vídeo.

Um abraço em vocês duas.
Obrigada.

Anônimo disse...

Oi Bruna,
esse programa é altamente recomendável! apresentado por Eric Nepomuceno, muito bom e passa no Canal Brasil. saudades de você, mocinha!

Abração,
Chris.

Bruna disse...

Chris!!
Saudades de você!

Concordo contigo, o programa é recomendável demais.

Outro dia, prestigiei um trecho bem breve (2 minutos) da entrevista do Yamandu Costa para o Eric Nepomuceno - acessei só o trecho, porque o Canal Brasil não disponibiliza as recentes entrevistas de forma integral.

Achei lindas as palavras do Yamandu. Vale a pena conferir:
http://canalbrasil.globo.com/programas/sangue-latino/videos/2679387.html

Um grande abraço.